Documentário Simply Raw: Revertendo o Diabetes em 30 Dias

A diabetes é uma das doenças mais desenfreadas do nosso tempo. Devido ao estilo de vida comum do mundo moderno que combina sedentarismo com má alimentação, ela atinge cada vez um número maior de pessoas. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), quase 250 milhões de pessoas ao redor do mundo têm diabetes. No Brasil,  a SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes) estima que 12 milhões de pessoas tenham a doença, sendo que metade delas não sabe disso.

Atualmente, a maioria dos tratamentos do diabetes tem como principal objetivo minimizar qualquer elevação de açúcar no sangue (glicose). O diabetes tipo 1 é tratado com insulina, exercício e uma dieta para diabéticos. O diabetes tipo 2 é tratado com redução de peso, uma dieta para diabéticos, e exercício. Atualmente, a crença é “Diabetes é uma doença crônica que não tem cura.” (The American Diabetes Association).

Mas e se pudéssemos não apenas prevenir a diabetes antes de acontecer, mas também revertê-la uma vez que ela se instala?

Seis “Cobaias” Reverteram o Diabetes em 30 Dias

simplesmente cru, revertendo o diabetesNo filme “Simplesmente Cru: Revertendo o Diabetes em 30 dias”, seis indivíduos aceitaram participar do programa. Todos eles tinham variados estilos de vida e eram diabéticos – cinco tipo 2, e um tipo 1. Todos estavam tomando insulina.

Antes de entrarmos nos resultados deste filme, é importante explicar o que é diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2:

Diabetes tipo 1 – o corpo não produz insulina. A insulina ajuda o corpo a usar a glicose dos alimentos para produzir energia. Pessoas com diabetes tipo 1 precisam tomar insulina todos os dias.

Diabetes tipo 2 – o corpo não produz insulina ou não consegue utilizá-la bem. Pessoas com diabetes tipo 2 frequentemente precisam tomar comprimidos ou insulina. O tipo 2 é a forma mais comum de diabetes.

Os participantes do programa foram:

pessoas reverteram diabetes

  •  Austin (25 anos) não apenas um diabético tipo 1, mas também tinha um problema com a bebida.
  •  Kirt (25 anos) teve uma leitura de açúcar no sangue de 1200. O normal é abaixo de 100. Seu médico lhe disse: “Você deveria estar morto.”
  • Bill (idade 58) estava se consultando com cardiologista e teve neuropatia. Ele não podia sentir seus pés.
  • Michelle (idade 36) era bastante obesa.
  • Henry (idade 58) tomava insulina e mais 9 comprimidos por dia. Seu açúcar no sangue estava em 464.
  • Pam (62) era bastante obesa. Seu pai, irmão e irmã também são diabéticos.

O Método

Médico Gabriel Cousens

Médico Gabriel Cousens

A abordagem que Gabriel Cousens, médico que condiziu o programa,  adotou para curar as pessoas de diabetes foi toda sobre a mudança de dieta. Segundo ele, pesquisas mostram que, em termos de saúde, quem come carne  têm quatro vezes mais câncer de mama; 3,6 vezes mais câncer de próstata; quatro vezes mais diabetes, e muito mais em doenças crônicas em geral. Quem toma leite tem 3 vezes mais chances de ter leucemia.

Dada a sua posição sobre dieta, ele acredita que a melhor maneira de se alimentar é consumindo principalmente alimentos crus e basear a dieta em vegetais. Sua equipe então preparou refeições cruas, integrais e bem equilibradas durante todo o período de 30 dias. A comida torna-se o seu medicamento.
Com supervisão médica, todos os participantes tomaram medicamentos conforme necessário e comeram as refeições fornecidas por Gabriel e sua equipe.

Resultados

Dia 3
No 3º dia do programa Kirt, Bill e Henry foram capazes de parar de tomar insulina e medicamentos. Os seus níveis de açúcar no sangue já haviam caído para o intervalo normal após apenas 3 dias de mudar sua dieta.

Pam cortou sua ingestão de insulina para 1/3.

Austin, o diabético tipo 1, pode reduzir sua ingestão de insulina para a metade.
E Michelle ainda estava com glicose aproximada de 362. Isto a desencorajou e ela não queria permanecer no programa por mais tempo, mas acabou ficando.

Dia 12

No dia 12 do programa, o açúcar no sangue de Henry caiu 256 pontos em relação ao dia 1. Ele não estava usando medicação para baixar os níveis de açúcar no sangue. Embora ele estava tendo grandes resultados, Henry disse que era muito velho para o programa e pediu para ir para casa. Sua família chegou no dia 17 e ele foi embora. A essa altura, ele já não estava tomando 17 medicamentos, tinha perdido 13kg e sua pressão arterial diminuiu. No caso de Henry, seu vício em comida era muito difícil de superar.

Dia 30

Até o último dia, dia 30, foram vistos resultados incríveis que intensamente desafiam a crença atual de que o diabetes não tem cura.

  • Kirt não precisava mais tomar medicamentos. Seu açúcar no sangue caiu de 214 pontos para 73 (normal), sem medicamentos. Mais tarde, foi descoberto que ele era diabético tipo 1 desde o início. Status: Dentro da faixa normal.
  • Bill parou de tomar 19 medicamentos e perdeu 15kg. Seu açúcar no sangue caiu 214 pontos para 74 (normal), sem medicamentos ou insulina. Status: Dentro da faixa normal.
  • Michelle parou de tomar todos os seus medicamentos e perdeu 10kg. Seu açúcar no sangue caiu de 291 para 109 sem o uso de medicamentos. Status: Dentro da faixa normal.
  • Pam perdeu 12kg, enquanto seu açúcar no sangue caiu 167 pontos, ficando abaixo de 112, sem medicamentos. Status: Dentro da faixa normal.
  • Austin, que é diabético tipo 1, perdeu 9kg e reduziu a sua insulina de 70 unidades para menos de 5. Status: melhoria drástica na condição de diabético.

Como você pode ver, todos os participantes tiveram drásticas reviravoltas na sua saúde e todos tiveram seus diabetes completamente revertidos ou severamente controlados. A diabetes tipo 1 (do Kirt) foi completamente curada -algo que é considerado impossível. No dia 30, todos os diabéticos tipo 2 não precisavam mais de  insulina.

O que isso quer dizer?

Como muitas coisas na medicina moderna, ainda não temos todas as respostas e, em muitos casos, temos dificuldades em admitir que as correntes que são atualmente dominantes nem sempre podem ser as melhores.

Pessoas de todo mundo estão escolhendo rotas alternativas para alcançar resultados iguais ou até melhores do que o que é disponibilizado a elas através de vozes tradicionais, como médicos e profissionais do governo. É importante que as pessoas saibam as suas opções. Infelizmente,  muitos pacientes de diabetes ainda não estão cientes do poder da alimentação em transformar sua condição e continuam tomanado insulina como se fosse a única saída.

Enquanto isso, no Brasil…

No Brasil, alguns médicos já admitem o poder do alimento em controlar, ou até mesmo curar o diabetes. Entre eles, está o médico Patrick Rocha – que criou o programa Diabetes Controlada.

O Diabetes Controlada é um tratamento online em que o médico orienta os pacientes de diabetes a se alimentar de forma a reduzir drasticamente a necessidade de medicamentos ou até abolir de vez. Veja abaixo o depoimento de uma das pacientes do Dr. Rocha.

Saiba mais sobre o Diabetes Controlada e Resultados de seus pacientes.